Estudos recentes realizados por cientistas na Universidade de Bordeaux, na França, apontam que casos graves de COVID-19 podem impactar a saúde dos rins e levar à insuficiência renal crônica.

Estudo mostra relação entre COVID-19 e a insuficiência renal crônica.

Segundo os pesquisadores, o vírus infecta as células do sistema renal prejudicando a absorção de substâncias importantes, como: potássio, bicarbonato, fosfato, proteínas e glicose.

Prevenção e cuidados contra o COVID-19

De acordo com a Sociedade Americana de Nefrologia, de 20% a 40% dos pacientes internados com COVID-19 sofreram algum tipo de alteração no funcionamento renal. Médicos de diferentes nacionalidades também notaram que pacientes com coronavírus apresentam excesso de proteínas na urina.

Embora nem todos pacientes com casos graves de COVID-19 tenham desenvolvido problemas renais, especialistas apontam que é necessário atenção e, se possível, acompanhamento nefrológico para evitar complicações permanentes.

As recomendações da Organização Mundial de Saúde seguem as mesmas: higienização das mãos, uso de máscaras e álcool gel e principalmente isolamento social. Apenas seguindo com seriedade as medidas recomendadas é que vamos superar a pandemia.